ESCOLA SUPERIOR das CIÊNCIAS NATURAIS e HOMEOPÁTICAS*
Ano lectivo 1998-1999
Curso Técnico-Científico de Medicina Tradicional Naturológica*

* Sem Reconhecimento Oficial
 
Plano de estudos
Condições de acesso
Informações
Saídas profissionais
Entrevista com o Professor António Novaes
Artigo Publicado


O Ministério do Emprego e da Segurança Social revê periodicamente a lista das profissões em Portugal. A presente versão da Classificação Nacional de Profissões, contempla cerca de 1700 profissões, contrastando substancialmente com o previsto na 1ª versão da Classificação Nacional de Profissões, que inseria cerca de 3.800, ou seja bem mais do dobro.

Entre este número restrito surgem normalizadas as Profissões de Acupunctor-Naturologista, Homeopata-Naturologista, Naturopata-Naturologista.

Assim e porque as competências (definidas na Comissão Nacional de Profissões como a capacidade de desempenhar as tarefas inerentes à sua profissão) do Naturologista exigem estudos prolongados e específicos, indispensáveis à criação de profissionais técnica e bioeticamente formados, os Conselhos Científico e Pedagógico da Escola Superior de Ciências Naturais e Homeopáticas começaram por elaborar um programa de cadeiras e matérias ajustado à natureza, às competências e futuro da profissão, reunindo também um escol de professores de qualidade e grande experiência em que se incluem os doutorados e mestrados requeridos por lei.


Plano de Estudos

1º ano - 900 Horas

 
Anatomia Anual
Bioquímica Anual
Farmacognósia Anual
Metodologia da Investigação Científica 1º Semestre
Epistemologia 1º Semestre
História da Saúde e da Alimentação 1º Semestre
Psicologia 1º Semestre
Introdução à Biologia 1º Semestre
Fisiologia 2º Semestre
Alimentação I 2º Semestre
Biologia Celular 2º Semestre
Introdução à Microbiologia 2º Semestre
 

2º ano - 900 Horas

 
Hidroterapia Anual
Fitologia I Anual
Homeopatia I Anual
Acupunctura I Anual
Terapias Manipulativas: Osteopatia, Reflexologia, Shiatsu Anual
Alimentação II 1º Semestre
Semiótica Laboratorial e Imagiológica 1º Semestre
Patologia 2º Semestre
Histologia 2º Semestre
 

3º ano - 900 Horas

 
Hidroterapia II Anual
Técnicas de Diagnóstico Naturológico: Iridologia, Diagnóstico Visual Oriental Anual
Naturologia Prática: Fisiologia Holística, Higienismo, Organização Clínica, Usos Terapêuticos de Suplementos Bioterápicos Anual
Fitologia II Anual
Acupunctura II 1º Semestre
Alimentação III 1º Semestre
Introdução à Farmacologia 1º Semestre
Homeopatia II 2º Semestre
Deontologia 2º Semestre
Introdução à Informática 2º Semestre
Organização e Gestão de Empresas 2º Semestre
 

4º ano - 900 Horas        Estágio
 


Condições de Acesso

12º ano (Número limitado de inscrições)


Informações

Duração - 4 anos com estágio incluído. Completado o curso, estarão disponíveis pós-graduações / especializações.

Protocolos com várias instituições nacionais e estrangeiras, entre as quais a Universidade Nacional de Pequim de Medicina e Farmácia Tradicional Chinesa (Campus Japão).

Início - 15 de Outubro de 1998

Funcionamento - de Segunda a Sexta-feira. Dois horários disponíveis:
 

Tarde:  13 h - 18 h
Pós-laboral:  18 h - 23 h
Informações e Inscrições: contactar a secretaria, R. do Patrocínio, 76, 1350 LISBOA - Tel. 3973105 , Fax 3967289

Saídas profissionais

Especialista da medicina tradicional / Naturologista: Acupunctor; Homeopata; Naturopata. Director técnico e/ou comercial / Consultor / Colaborador na sua área: centros de saúde, centros dietéticos ou similares e ervanárias, laboratórios, empresas. Coordenador de outros trabalhadores. Formador; Professor.
 


Classificação Nacional das Profissões

   O Ministério do Emprego e da Segurança Social revê periodicamente a lista das profissões em Portugal.

   A Classificação Nacional de Profissões (CNP), publicada em 1995, surgiu na sequência da revisão da CNP de 1980, a qual veio substituir. Esta revisão foi levada a cabo tendo por base  a Classification Internationale Type des Professions 1988 do Bureau International du Travail.

   A presente versão da Classificação Nacional de Profissões, contempla cerca de 1700 profissões, contrastando substancialmente em termos quantitativos com o previsto na 1ª. versão da Classificação Nacional de Profissões, a qual inseria cerca de 3.800, ou seja, bem mais do dobro.

   Entre este número restrito surgem normalizadas as Profissões de:

Acupunctor-Naturologista

    Detecta e caracteriza as perturbações as perturbações do equilíbrio energético, utilizando a acupunctura e outras terapias, segundo a arte de curar chinesa:

    Determina os pontos de acupunctura que assegurem o reequilíbrio energético; estimula os pontos através dos métodos tradicionais; executa massagens e prescreve dietas, movimentos e preparados fitoterapêuticos.

    Pode conceber ensaios e/ou orientar o fabrico de remédios naturais e homeopáticos.

Homeopata-Naturologista

   Define e analisa o tipo e as perturbações da energia vital dos pacientes.

    Efectua a anamnese dos sintomas peculiares, gerais, subjectivos e objectivos; compara os sintomas com os registos dos remédios homeopáticos; avalia os sintomas com o objectivo de determinar o remédio a aconselhar; prescreve os remédios homeopáticos, constitucionais e de superfície; orienta a dieta e os hábitos do paciente, segundo parâmetros naturais e homeopáticos.

    Pode conceber, ensaiar e/ou orientar o fabrico de remédios naturais e homeopáticos.

Naturopata-Naturologista

    Avalia o estado geral de energia vital dos pacientes utilizando técnicas de diagnóstico específicas tais como postural, fisiogonómica, iridológica e analítico.

    Determina os processos bioterapêuticos aconselháveis e prescreve dietas; ensina e orienta exercícios correctivos; dá massagens utilizando técnicas apropriadas tais como “Shiatsu” e drenante; prescreve os processos e aplica os meios hidroterapêuticos; prescreve remédios nomeadamente fitoterapêuticos, cromoterapêuticos, suplementos minero-vitamínicos, bioelementos e tónicos naturais; orienta as pessoas para hábitos adequados à manutenção da saúde.

    Pode conceber, ensaiar e/ou orientar o fabrico de remédios naturais e homeopáticos.


As tarefas destas profissões podem portanto  genericamente ser agrupadas em quatro alíneas:

 
Assim, e porque:  
 Os Conselhos Científico e Pedagógico da Escola Superior das Ciências Naturais e Homeopáticas começaram por elaborar um programa de cadeiras e matérias ajustado à natureza, competências e futuro da profissão, reunindo também um escol de professores de qualidade e grande experiência em que se incluem os doutorados e mestrados requeridos por lei.
 
 
 
ESCOLA SUPERIOR das CIÊNCIAS NATURAIS e HOMEOPÁTICAS
 
R. do Patrocínio, 76, 1350 LISBOA
Tel. 3973105    Fax 3967289